Tom do discurso de Bolsonaro manterá o risco em alta, avalia mercado

Temperatura se elevou com ataque ao Supremo Tribunal Federal, o que prejudica o andamento de medidas importantes para a economia, como os precatórios

Por Luisa Purchio Atualizado em 7 set 2021, 20h32 – Publicado em 7 set 2021, 19h14
Manifestantes ocupam a Esplanada dos Ministérios no feriado de Sete de Setembro

As manifestações desta terça-feira, 7 de setembro, elevaram a percepção de risco político e de ruptura institucional do país pelo investidor, tanto pelo volume de pessoas que foi às ruas protestar quanto, principalmente, pelo tom do discurso do presidente Jair Bolsonaro, que atacou o Supremo Tribunal Federal e afirmou que não cumprirá as decisões da Suprema Corte. Indicativos do agravamento do diálogo entre as instituições são prejudiciais ao mercado e ao país, principalmente neste momento em que pautas importantes para a economia estão à mesa.

Leia mais em: https://veja.abril.com.br/economia/tom-do-discurso-de-bolsonaro-mantera-o-risco-em-alta-avalia-mercado/